Seja bem-vindo. Hoje é

18 de jan de 2010

BALADA PARA ZILDA ARNS



Hoje eu poderia morrer por tua causa
eu poderia até morrer de amor por ti.
Mas teu amor aflito me dá uma pausa
para morrer de amor maior por Haiti.

Só uma dor profunda sente tanta dor
maior que todo sofrimento que senti:
é a solidão da morte de não ter amor
o new apocalypse que varreu o Haiti.

Nós hoje poderíamos mudar o sonho
eu a dogmática verdade que aprendi
e tu a biografia obscura do medonho
apartaid racial que segregou o Haiti.

Hoje eu deveria viver por uma causa
que celebrasse a glória de viver aqui.
Porém a dor é tanta que parece rosa
sob os escombros ardilosos do Haiti.

Afonso Estebanez

*Zilda Arns Neumann
(Forquilhinha, 25 de agosto de 1934 — Porto Príncipe, 12 de janeiro de 2010) foi uma médica pediatra e sanitarista brasileira.

6 comentários:

  1. ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeei... sem palvras... abraços!!!

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso!
    Como tudo que você escreve.

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema, excelente homenagem!
    abraço

    ResponderExcluir
  4. QUE BELÍSSIMA HOMENAGEM!ESSA MULHER QUE COM SEU TRABALHO TENTOU CONTRIBUIR PARA QUE A HUMANIDADE PUDESSE, SE REFLETISSE SOBRE O SEU EMPENHO,TER UMA EVOLUÇÃO VERDADEIRA!
    MUITO LINDO O SEU BLOG ...
    ABRAÇOS.

    ResponderExcluir
  5. BELISSIMA HOMENAGEM!!!

    UM CARINHOSO ABRAÇO

    ResponderExcluir
  6. Homenagem muito bem prestada. Sentiremos falta essa grande mulher!

    ResponderExcluir

E-book