Seja bem-vindo. Hoje é

7 de set de 2014

DECLINAÇÕES LATINO-AMERICANAS


(nominativo)

o sujeito substantivo
pronominal composto solidário
bruto selvagem na rua sem fronteira
oculto numa idéia em pulsação

mediador da glória e da miséria
servil pastor de restos de grandeza
rebento espúrio do amor incestuoso
que junge a liberdade à servidão

está elítico
como o grito
numa boca
de canhão...

(genitivo)

daí a Deus o que é de Deus
daí ao rei o que é do rei
a noite eterna aos amantes
depois da noite do rei

à praga a safra que míngua
no solo fértil do rei
navegai de rio acima
pois rio abaixo é do rei

é de Deus o pensamento
que há no voo inconfidente
das asas presas do rei

é do homem a liberdade
gerada
no lado quente
da cama fria
do rei...

(dativo)

para ser o mandatário dessa gente
pelo aumento do produto do perdão
contra a inflação do custo da concórdia
e a denúncia vazia de justiça social

para ser o projeto dessa gente
pelo aproveitamento dos recursos
nacionais de solidariedade humana
pelo overnight da misericórdia
pelo fundo de garantia da liberdade

para ser o contragrito dessa gente
é necessário revelar apenas
que se é um bípede mamífero racional

ao revés de provar que não se é o Cristo
o Semideus
ou o Messias
de que o povo
necessita...

(vocativo)

bem-aventurados sois vós
que arribais por tempo longo
remorrendo de desastre
ferroviário no estômago

dão-vos o pão de segunda
mas vós nascestes sem dente
e a ponte do vosso grito
não atinge o continente

tributados pela sorte
cifrada na mão alheia
vós não temeis as aranhas
porque não tendes a teia

vós sois bem-aventurados
neste mundo de duendes
em que vos mandam matar
inimigos que não tendes

faminta terra que suga
sangue que volta a brotar
vós sois bem-aventurados
porque estais de pé

e não
sabeis
andar...

(acusativo)

não julgueis que eles pretendam
sierras madres transcisandinas
o objeto direto da tirania
é o reino dos céus impossíveis
pela espada intransitiva do poder

Deus porém não vai à guerra
nem anjos se digladiam
as noites navegam noites
e os dias cumprem seus dias

os tiranos então conjugam
e julgam que subjugam
o paraíso

usando homens
como verbos
intransitivos...

(ablativo)

na miséria
na miséria daquele homem
no grito da miséria daquele homem
na garganta do grito da miséria daquele homem
no fundo da garganta do grito da miséria daquele homem

a justiça cega
não pode ver Deus
disfarçado
de fome...



Afonso Estebanez

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E-book