Seja bem-vindo. Hoje é

3 de ago de 2012

' SONETO DA ESPERA'

(Tela de Josephine Wall)

O coração tem que esperar, mais nada!
Inda que a espera exaure a vida inteira
até que emprenhe o banho de alvorada
a luz das águas remansosas da ribeira...

O amor tem que esperar essa chegada!
Inda que chegue ao nunca do amanhã,
até que soem os clarins da madrugada
no ouvido íntimo dos sinos da manhã...

Sonhos são deuses surdos, nada mais!
E para deuses não existem horizontes
em que o amor desponte eternamente...

Sonhos de amor são brisas sazonais...
Às vezes partem por alguns instantes
e às vezes vão embora para sempre...

A. Estebanez

4 comentários:

  1. Espaço encantador.
    Belíssimos poemas...
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Passei por aqui, para lê o seu blogue, e lhe deixar um Convite
    Admirável. Harmonioso. Eu também estou montando um. Não tem as Cores e as Nuances do Vosso. Mas, confesso que é uma página, assim, meia que eclética. Hum... bem simples, quase Simplória. E outra vez lhe afirmo. Uma página autentica e independente. Estou lhe convidando a Visitar-me, e se possível Seguirmos juntos por Eles. Certamente estarei lá esperando por você, com o meu chapeuzinho em mãos ou na cabeça.
    Insisto que vá Visitar-me, afinal, o que vale são os elos dos sorrisos.

    www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir
  3. Poeta Afonso Estebanez te seguindo encantada pela sua Poesia, ela simplesmente me chama e eu a sigo. Saudações Poéticas!

    "Alma Exposta"
    Poetas, Poemas e Poesias
    http://haydeecerantola.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde poeta!

    É a primeira vez que venho e me encanto com teu espaço poético.
    Tua poesia é daquelas que a gente lê, recebe um choque sutil, para, pensa e se ilumina!
    Virei mais vezes.
    Gostei demais!
    Beijos da Lu...

    Sementes Preciosas
    http://sementespoeticas.blogspot.com



    .

    ResponderExcluir

E-book