Seja bem-vindo. Hoje é

20 de mai de 2010

Amor lilás

Sentados em bancos do tempo
sopramos palavras
que emitiam sons
quase inaudíveis :
só o coração ouvia

E teus limites
em meio a quietude
embriagava –se com o cantar
de um amor lilás

E chegamos ao infinito,
vestidos do orvalho
que reveste os disfarces
dos medos adormecidos

Conceição Bentes

Publicado no Recanto das Letras em 01/05/2010
Código do Texto: T2231158

2 comentários:

  1. Maravilhoso momento de bela poesia.

    E chegamos ao infinito,
    vestidos do orvalho
    que reveste os disfarces
    dos medos adormecidos

    Adorei

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  2. A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.

    Charles Chaplin


    Saudações Poéticas e BOM FDS!! M@ria

    ResponderExcluir

E-book