Seja bem-vindo. Hoje é

11 de set de 2009

AVISO



Não demoro, favor aguardar...
Necessidade extrema de saber
onde minha alma está.

Não haverá tempo de sentir
saudade, pois devo voltar pouco
tempo depois que terminar
a eternidade...

Então, eu não estou aflito.
Estou só de coração sentado
na pedra bruta de minha vida
onde jaz calada – no meu grito
cúbico de súbito abafado – a alma
sem liberdade de ficar perdida.

Rogo não interromper a pressa
nem irritar a paz do meu conflito.
Quem me encontrar primeiro,
devolva-me com toda a urgência:
minha alma vai necessitar do amor
que dê conforto ao meu espírito...

Não demoro, favor aguardar...
Necessidade extrema de saber
onde todos um dia vão perder
a irrecuperável oportunidade
de se reencontrar!

Julis Calderón

Um comentário:

  1. Parabéns.......Bela postagem, linda ilustração.

    BOM FDS.......Beijos meus!

    ResponderExcluir

E-book