Seja bem-vindo. Hoje é

28 de ago de 2009

Eis-me aqui!



Eis-me aqui
na luz dos olhares que se cruzam,
entre a neblina que se desfaz
em meio a tantos ou uma, das palavras,
no silêncio tão breve que se refaz

Volto no limiar exato do inacabado,
deflagrando o desamparo da memória
na construção palpável das palavras
habitando constelações
antes nunca navegadas

Não sou mais que isto:
sonhos inventados,
finalidade e drama sem enredo,
herança sem segredo

Conceição Bentes
Publicado no Recanto das Letras em 27/08/09
Código do Texto: T1777257

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E-book