Seja bem-vindo. Hoje é

8 de mai de 2009

MYSTERY


MYSTERY

Como a noite no encontro vagaroso
com o dia nas fímbrias do horizonte
vem teu sentido ao ímpeto amoroso
de me tomar a mim por teu amante.

Porém não sei haver tão venturoso
destino que me mate e desencante
desse amor feiticeiro e olhar ditoso
de um gozo que me faz agonizante...

Amar é abismo oculto numa estrada
pois que mistérios de princípio e fim
o que nem mesmo Deus deve saber...

Da alcova de minh’alma apaixonada
meus olhos dizem coisas sobre mim
que meus lábios jamais podem dizer...

Afonso Estebanez
(Homenagem Especial a Raul de Leoni
– Academia Brasileira de Poesia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E-book