Seja bem-vindo. Hoje é

26 de mar de 2009

MEU SER POETA


Não pensei em ser poeta
mas a vida quis por mim:
planto lágrimas na pedra
e o que é dor vira jardim.

Não tão fácil é ser poeta
e tão fácil mesmo assim:
ser o princípio da guerra
pela paz que vem no fim.

Mas em terras de poeta
toda rosa é a alma afim
e em minha lida secreta
cada rosa é meu jardim.

Vou deixar de ser poeta
para ser meu querubim:
guardar na vida deserta
uma flor dentro de mim.

A. Estebanez
(Dedicado ao poeta Luiz Fernando Prôa
pelo seu aniversário – Agosto.24.2008)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E-book