Seja bem-vindo. Hoje é

27 de mar de 2014

O LADO AMENO DA SOLIDÃO


Naquele tempo me encantava a lua
que era o portal do céu no coração
em festa para entrar tua alma nua!
Mas até hoje o encanto me insinua
que era o amor na minha solidão...

Naquele tempo eu concebia o lado
mais eterno do amor... Era a ilusão
tecendo o meu destino inacabado!
Mas de tanto me tenho acreditado
que era o amor na minha solidão...

Era a última curva de um caminho
entre sombras escassas pelo chão
da vida que me fez andar sozinho!
Mas um anjo até hoje diz baixinho
que era o amor na minha solidão...

Naquele tempo me exaltava o mar
de me ouvir marulhar sua canção!
Era como esse encanto de sonhar,
um desencanto que me faz pensar
que era o amor na minha solidão...



Arte: Dorina Costras]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E-book