Seja bem-vindo. Hoje é

12 de abr de 2010

Louvação

(Johan Laurent Zjensen)

És o peregrino que busca minha alma
em tempos turbulentos,
na canção que foge lenta
sobre a brisa mansa da tormenta

Trazes a magia do mundo,
no silêncio intacto
de cada cenário,
louvando a vida
em cada teu poetar

Guardas mistérios
na letargia da qual me infesto
e da certeza que vens
transparente como a vida
onde o amor se eterniza

Conceição Bentes
Publicado no Recanto das Letras em 10/04/10
Código do Texto: T2189091

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E-book