Seja bem-vindo. Hoje é

19 de nov de 2009

SEGUNDA ROSA DO ORIENTE



Não vejo o dia de chegar o tempo
em que de rosas seja toda espera
como nos dias em que fico atento
e invento rosas para a primavera.

Não há deleites a não ser o alento
de ver o tempo regressar com ela
da doce esfera do contentamento
ao venturoso amor que regenera.

O amor da rosa que virá semente
do meu jardim secreto do oriente
para os canteiros rústicos do mar.

Talvez a vida seja o mar de rosas
que a despeito das vias arenosas
não se ferem nas pedras do luar.


Afonso Estebanez

2 comentários:

  1. lindooooooooooo.........amo passar por akiii

    Beijos na almaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  2. Muito belo! Alma sensível, pessoa encantadora!
    Há tanto tempo não venho lhe visitar! Perdoa-me, as pessoas vivem muito ocupadas e cometem essa falha esse deslize que cometi com você! Sempre
    adorei, amei seu Site, poemas encantadores que tocam fundo minha alma! Voltarei mais vezes,me visite,sim? Ficarei encantada! Lhe espero.
    Beijos,
    ESTRELA SELMA
    P.S.: Estou com um novo Site: romântico, sexy, é o AMOR E MEL
    http://amoremel.blogspot.com
    Lhe aguardo! + BJS!
    ESTRELA SELMA

    http://estrelaselma33@gmail.com

    ResponderExcluir

E-book