Seja bem-vindo. Hoje é

13 de mai de 2009


INTERMEZZO

A oficina do amor é o coração.
Quando se consumar a profecia
já não precisarão mais do profeta.
Quando se consumar a poesia
já não precisarão mais do poeta...

Por isso devo reinventar o amor
antes de reinventar a minha vida...

Vou conversar apenas com as flores
falar somente em bem-aventurança
calar-me para sempre como a alma
sepultada no fundo da esperança...

Eterno como a noite sobre a pedra
na história da canção despercebida...
Como o silêncio sábio da memória
das coisas simples
não compreendidas...

A. Estebanez

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E-book