Seja bem-vindo. Hoje é

4 de mai de 2009

DÉCIMA ROSA DE SAROM


No princípio era a Rosa concebida
pelo Verbo da luz que está na flor
e era a rosa uma luz além da vida
no princípio da luz além do amor.

Toda Rosa é de origem conhecida
da vida onde não mais o desamor
e onde jamais a flor incandescida
dos roseirais onde floresce a dor.

Como sinto a saudade antecipada
do perfume das rosas em jornada
para a futura esfera de meu ser...

Eu tenho da verdade esta certeza
como tenho da rosa sobre a mesa
o encanto do condão de renascer.

Afonso Estebanez

2 comentários:

  1. Que maravilha ler logo pela manhã um poema assim! Difícil falar daquilo que de tão simples e perfeito somente encanta.
    Um abraço e boa semana

    ResponderExcluir
  2. Cheguei aqui através do blog da Sonia Schmorantz e devo dizer que adorei ter vindo. O poema Rosas de Sarom pe magnífico, parabéns. Ainda mais que adoro rosas.

    ResponderExcluir

E-book