Seja bem-vindo. Hoje é

21 de mar de 2009

TROVA & ENTRAVE


Passas tão discretamente
como sombra pelo chão...
Tua alma nem pressente
compassar meu coração...

Não é bom que seja meu
o que vem de tuas preces...
Deus não quer que seja teu
um amor que não mereces.

Encarceras minha alma
com tua alma libertada...
A minha fica com calma
e a tua segue sem nada...

Com abraços reanimas
meus desejos de pecado
entre grades clandestinas
de meu cárcere privado.

Se te aceno do outro lado
das calçadas sem correr,
tu me fazer de enganado
pra não se comprometer...

Quem pensa tudo saber
se às vezes tem razão,
se algum erro cometer
não sabe pedir perdão...

É verdade, a todo o dia,
dizes o quanto te amei...
Mas não dizes, todavia,
o quanto te desprezei..

A. Estebanez

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E-book