Seja bem-vindo. Hoje é

21 de mar de 2009

SALÁRIO MÍNIMO


pão duro de forma
forjado no forno
abafado da fórmula

dízima periódica
da justiça fundiária
trafegando em carro-forte
à prova de bala

clarão interrompido
que a conquista do ridículo
contagia

eco da senha do grito de greve
batido
no muro de um beco sem saída

palavra de passe da angústia solidária
das máquinas perfiladas sobre a mesa
de jantar dos balanços de vísceras
e perdas e danos e lucros e cifras

recessão da liberdade
que perdeu o barco
da travessia humana...

A. Estebanez
(Em memória do poeta Cesar de Araujo
um companheiro/solidário/inesquecível)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E-book