Seja bem-vindo. Hoje é

26 de mar de 2009

DEMAGOLOGIA DO DISCURSO NACIONAL (Horário 2)


... Ninguém será mantido na escravidão
ou submetido a qualquer forma de tortura
injustamente preso ou acusado de qualquer
delito por mera presunção até que prove
a inocência violada...
Eu lhes asseguro:

que essa dívida externa não será mais paga
com o sorriso desdentado da fome patriótica.
Que nossas filhas irão virgens para o altar
que todos os caminhos irão dar em Roma
que nossas mães hão de sempre sofrer num paraíso
que a autoridade episcopal será sempre infalível
que fazer um discurso deste era preciso!

E lhes asseguramos
que as nações estão decididas a reafirmar a fé
nos direitos fundamentais do ser humano,
cerzindo a paz com os laços insuspeitos
da autodeterminação dos povos
com liberdade, igualdade e fraternidade...

Do povo se ouvirá o herói-cobrado retumbante
às margens do Ipiranga ainda tão plácidas...
A ti, correligionária amada! serei fiel ao menos
até que a morte nos separe. Os meus testículos-de-cão
serão eternamente teus...
Liga não, mês que vem a inflação será contida
e daremos tudo aos pobres para emprestar a Deus!


A. Estebanez

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E-book