Seja bem-vindo. Hoje é

21 de mar de 2009

ANJO MEU


Nem alegre nem tristonho
nem chegada nem partida
anjo meu leva meu sonho
mas me deixa minha vida.

Anjo chora quando canta
anjo canta quando chora
anjo meu me desencanta
se me fica ou vai embora.

Algumas vezes me acena
como se estivesse vindo...
Mas é um anjo com pena
da pena de estar partindo.

Quase nunca compreendo
anjo quase compreendido
Mas às vezes não entendo
porque anjo anda perdido...

A. Estebanez
A. Estebanez
(Poema dedicado à amiga
Tânia Rutowitsch - 21.04.08)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E-book