Seja bem-vindo. Hoje é

21 de mar de 2009

AMAR DO VERBO AMOR


O amor não se conjuga no passado.
Contudo, se o amor de Deus passar...
Amor é instinto humano sublimado
e instintos não se podem conjugar...

Não amo amor que deva ser amado
segundo me convenha o verbo amar...
O amor é graça e nasce conjugado
como o fascínio que me traz o mar...

O amor é dom e nunca se ressente
do menos-que-perfeito do presente
nem do perfume se ressente a flor.

Juro por todo o amor que me doeu
que tanto que me dói ainda é meu
o presente de amar do verbo amor...

A. Estebanez
(Dedicado ao poeta carioca Théo Drummond
– membro da Academia Brasileira de Poesia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E-book