Seja bem-vindo. Hoje é

26 de jul de 2008

Amor por evidência


Haverei de encontrar por onde for
teus beijos numa ânfora de vinho!
E me haverás o colo enquanto flor
rendida num canteiro de carinho...

Amarei com ternura o teu jeitinho
de matar-se de amor só por amor
de meu corpo deitado no caminho
de teu corpo num pânico sem dor.

Serei o sonho desse amor remido
no destino de um pássaro banido
num cântico de gozo sem motivo.

E é tudo que suplica o meu amor:
que me tenhas no colo como flor
e desse amor seja teu ser cativo!


[A. Estebanez]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E-book